Você conhece alguém que está sempre em busca de mais músculos? Será que essa é uma preocupação saudável de verdade? Nós sabemos que um corpo com equilíbrio entre massa muscular e gordura é mais saudável. O corpo com mais músculos queima mais calorias em repouso também. 

No entanto, como tudo na vida, tudo em excesso faz mal. E pior: no caso de quem quer construir músculos com grandes sacrifícios, a pessoa pode pagar com a própria vida ou graves comprometimentos da saúde. Sabia?  

Neste artigo, vamos mostrar o que é vigorexia. Além de abrir os olhos para esse problema, você também vai entender como pode identificar o problema nos seus amigos e, quem sabe, até conseguir ajudá-lo. 

O que é vigorexia?

É um transtorno de ordem psicológica caracterizado pela constante preocupação em ganhar mais músculos. A pessoa, na maioria das vezes, já tem bom percentual de massa magra, porém, acredita que é muito magra ou fraca. 

O vigorético aumenta as cargas dos exercícios continuamente. Também é comum o uso de anabolizantes para construção dos tão desejados músculos. É, ainda, considerada um tipo de Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC). 

A vigorexia também é conhecida como Síndrome de Adônis, Anorexia Nervosa Reversa ou transtorno disfórmico muscular. O público mais suscetível são homens, de 18 a 35 anos. 

Vigorexia X ortorexia: diferenças  

A grande diferença entre vigorexia e ortorexia é o objetivo e os meios usados para atingi-los. Os ortoréxicos não desejam consumir nada considerado impuro ou que “prejudique a saúde”. Eles também investem longas horas nos exercícios físicos, porém, o objetivo não é obter mais músculos. 

Já o vigorético, restringe a alimentação também. Porém, os vilões, para ele, são os alimentos que “prejudicam” a construção de massa muscular. Assim, eles abusam das proteínas, seja por meio de carnes, suplementos e até esteróides, não importa que seja saudável ou não. 

Ambos problemas são frequentemente confundidos com busca por saúde, até por pessoas que estão em volta. No entanto, os dois trazem diversos problemas para o corpo e mente de quem sofre com esses distúrbios. 

Sinais de vigorexia

Muitas vezes, o vigorético parece saudável, principalmente porque são pessoas com músculos definidos, apesar de não se verem assim. Outro fator que leva a crer que trata-se de uma pessoa sem problemas é a alimentação. Acredita-se que a restrição é mais saudável que o equilíbrio, embora isso seja terrorismo nutricional e a restrição gerar compulsão. Até mesmo o vigorético pode acreditar nisso. 

Por essa razão, é importante entender quais são os sinais de vigorexia. Se você se identificar, deve procurar ajuda. Agora, caso reconheça alguém próximo como vigorético, pode tentar ajudar, especialmente se é um filho ou sobrinho. Lembre-se que o transtorno é mais comum entre os jovens entre 18 e 35 anos. 

  • Comentários de insatisfação com o corpo, principalmente sobre os músculos

A pessoa já tem o corpo definido, mas fala que é fraca ou pequena, que quer crescer. Mesmo com os resultados, ela não se enxerga como mais forte, está sempre descontente com a forma física. 

  • Rotina exaustiva de exercícios 

Em alguns casos, a pessoa pode treinar mais de uma vez no dia. Não há folga, domingos, feriados e férias são marcados por exercícios em casa ou em alguma academia do destino, em caso de viagens. 

Há vigoréticos com uma rotina de treinos um pouco menos exaustiva, pode ser uma vez por dia, mas com cargas cada vez maiores e longas horas de exercícios. 

  • Dieta muito restritiva 

Não ingerem gordura, concentram a alimentação em fontes naturais de proteína. Os suplementos proteicos são consumidos em excesso também. 

  • Irritabilidade

Todas as ações para construir mais músculos e o sentimento de inferioridade quanto ao corpo, deixam a pessoa estressada, além de alterar a produção hormonal. Dessa maneira, é comum que o vigorético seja alguém com alto grau de irritabilidade. 

Consequências 

As consequências da vigorexia também são sinais do problema. Alguns são muito graves e há casos de morte de vigoréticos. 

Os sintomas e complicações mais comuns são: 

  • Dor muscular persistente por todo o corpo
  • Cansaço ao extremo
  • Irritabilidade
  • Depressão
  • Insônia
  • Aumento da frequência cardíaca ao repouso
  • Menor desempenho no sexo ou até problemas de ereção
  • Insuficiência renal e hepática 
  • Problemas circulatórios
  • Diminuição da fertilidade
  • Maior incidência de câncer de próstata

Tratamento 

Constatar que há algo errado é o primeiro passo para reverter o quadro de vigorexia. Como é um distúrbio com consequências em diversos órgãos e na saúde mental da pessoa, o tratamento costuma ser longo. As recaídas também podem ser comuns. Além disso, uma equipe multidisciplinar é fundamental. 

Psicoterapia 

A vigorexia abrange uma série de comportamentos em virtude de crenças. Por isso, o psicólogo é um profissional essencial durante todo o processo de recuperação. O apoio psicológico vai ajudar a ter mais estabilidade, mudar a forma como o vigorético enxerga o próprio corpo, a rever os próprios valores e motivações. 

Procurar um psicólogo especialista em distúrbios alimentares e de imagem é o caminho mais adequado para uma terapia eficaz. 

Educador físico 

O vigorético precisa construir uma relação mais saudável com os exercícios. Por isso, o apoio de um educador físico será muito bem-vindo. Procure por aqueles que têm maior consciência corporal e sabe dos malefícios que o excesso de atividade física traz para o corpo. 

Nutrólogo ou nutricionista

A alimentação do vigorético é bastante restritiva. É necessário avaliar como estão os indicadores de saúde, a dosagem de vitaminas e sais minerais importantes. Também é essencial uma nova relação com a comida. Assim, um nutrólogo ou nutricionista vão trabalhar não apenas uma nova forma de se alimentar, mas uma mentalidade diferente quanto à alimentação. 

Procure profissionais especializados em distúrbios alimentares e de imagem. 

Endocrinologista 

A parte hormonal do vigorético também precisa ser avaliada. A consequência dos anabolizantes e outras substâncias precisa ser tratada com um olhar especial de forma a reequilibrar o organismo de quem tem vigorexia. 

O verdadeiro padrão corporal 

Lembre-se que o padrão de corpo ideal é aquele que te permite a ter uma rotina com autonomia e alegria sem prejudicar a sua saúde e sanidade. Se você busca melhor definição corporal, faça com consciência e orientação de profissionais sérios. Caso avalie que precisa de ajuda porque caiu em algum transtorno, não deixe de procurar ajuda!

A Bold Snacks se compromete a desmistificar o mundo da saúde e alimentação. Continue com a gente para mais dicas, inscreva-se em nossa newsletter!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×